Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

ANA assina memorando sobre Montijo a meio de fevereiro

O Aeroporto Humberto Delgado caminha rapidamente para a saturação

José Caria

Governo escolhe base da margem sul para aumentar os voos com destino a Lisboa

A ANA, concessionária dos aeroportos comerciais portugueses, deve assinar, a meio de fevereiro, um memorando de entendimento com o Governo para desenvolver todos os projetos de transformação da Base Aérea do Montijo em aeroporto comercial, funcionando como complemento do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. O Expresso sabe que o Governo escolheu a solução do Montijo e que o objetivo de avançar já com a assinatura do memorando relaciona-se com a tentativa de ter o aeroporto “da margem sul” operacional para receber passageiros civis, “se possível”, já no final de 2018.

Com o crescimento das operações das companhias aéreas em Lisboa, a saturação do aeroporto será mais rápida, impondo a utilização de infraestruturas complementares que permitam aumentar o tráfego aéreo sem restrições, em alternativa à construção de um grande aeroporto em Alcochete, que implicaria uma capacidade financeira inexistente.

Leia mais na edição deste fim de semana