Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Hyundai anuncia investimento em fábrica nos EUA

Depois das ameaças do presidente eleito norte-americano sobre um novo imposto à importação de veículos construídos no México esta é a quarta empresa a colocar os EUA na sua rota

A Hyundai e a sua subsidiária Kia Motors vão investir 3,1 mil milhões de dólares ou 2,9 mil nilhões de euros nos Estados Unidos nos próximos cinco anos, num pacote que inclui uma nova fábrica no país e é anunciado depois das ameaças do presidente eleito dos EUA, Donald Trump, sobre a criação de taxas para penalizar a entrada no país dos veículos construídos no México.

O valor agora anunciado duplica o investimento do grupo sul coreano nos ultimos cinco anos nos EUA, sublinha a agência Bloomberg, referindo que os planos da Hyundai contemplam, também, a construção de um novo SUV (veículo utilitário desportivo) específico para o mercado norte-americano.

A Kia abriu uma nova linha de produção no México, para 200 mil unidades por ano, dois meses antes das eleições presidenciais nos EUA e tinha anunciado o plano de ampliar esta fábrica para uma capacidade de 400 mil veículos até 2018.

"Esperamos um crescimento da economia americana e uma procura crescente de vários modelos na sequência da promessa do presidente eleito Trump de criar um milhão de empregos em cinco anos", justificou, agora, Chung Jing Haeng, presidente da Hyundai, que assim se junta a marcas como a Toyota, Ford e Fiat Chrysler que já manifestaram a intenção de investir em fábricas no país depois do presidente eleito ter ameaçado aplicar uma taxa de 35% sobre os veículos importados do México,