Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Crédito para compra de automóveis atingiu em novembro valor desde 2012

SAUL LOEB/GETTY IMAGES

O Banco de Portugal divulgou os dados do novo crédito ao consumo concedido em novembro, mês em que foram emprestados 566,3 milhões de euros, mais 13,3% face ao mesmo mês do ano anterior

O novo crédito ao consumo concedido atingiu 566,3 milhões de euros em novembro, sendo que o dinheiro emprestado para compra de automóvel foi de 222 milhões de euros, o valor mais alto desde, pelo menos, 2012.

O Banco de Portugal divulgou esta segunda-feira os dados do novo crédito ao consumo concedido em novembro, mês em que foram emprestados 566,3 milhões de euros, mais 13,3% face ao mesmo mês do ano anterior e 10,6% em relação a outubro.

Por componentes, destaque para o empréstimo de dinheiro para a compra de automóvel, que atingiu 222,6 milhões de euros em novembro, mais 32,1% em termos homólogos e 16,1% face ao valor emprestado em outubro.

Este valor é mesmo o mais alto desde, pelo menos, 2012, isto compilando os dados hoje divulgados pelo supervisor e regulador bancário.

No crédito pessoal, na 'finalidade educação, saúde, energias renováveis e locação financeira de equipamentos' foram emprestados em novembro 4,77 milhões de euros, mais 18,2% do que no mesmo mês de 2015 e uma queda de 15,1% em relação a outubro.

Já em empréstimos para 'Outros Créditos Pessoais' (sem finalidade específica, lar, consolidado e outras finalidades) houve um aumento em ambas as comparações (15,6% em termos homólogos e 5,1% na variação mensal), tendo atingido 241,7 milhões de euros.

Por fim, no crédito concedido em 'Cartões de Crédito, Linhas de Crédito, Contas Correntes Bancárias e Facilidades de Descoberto', o montante emprestado foi de 97,1 milhões de euros em novembro, menos 17,9% face ao mesmo mês de 2015 mas mais 14,7% na variação mensal.