Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Juros da dívida de Portugal descem a dois anos mas sobem a cinco e dez

Nos últimos seis meses, os juros a dez anos desceram até ao mínimo de 2,679% em 15 de agosto e subiram até ao máximo de 3,839% em 18 de novembro

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a descer a dois anos, mas a subir nos prazos de cinco e de dez anos, face a segunda-feira.

Cerca das 08:45 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a subir para 3,693%, contra 3,685% na segunda-feira.

Nos últimos seis meses, os juros a dez anos desceram até ao mínimo de 2,679% em 15 de agosto e subiram até ao máximo de 3,839% em 18 de novembro.

No prazo dos cinco anos, os juros estavam também a subir, passando de 1,756% de na segunda-feira para 1,768%.

Nos últimos seis meses, os juros a cinco anos subiram até ao máximo de 2,292% em 01 de dezembro e desceram até ao mínimo de 1,543% em 15 de agosto.

Já no prazo dos dois anos, os juros seguiam a descer para -0,24%, contra -0,002% no dia anterior.

Nos últimos seis meses, os juros a dois anos subiram até ao máximo de 0,882% em 24 de junho e desceram até ao mínimo de 0,059% em 28 de dezembro.

Em Espanha os juros mantinham-se inalterados a dois anos, mas subiam a cinco e dez anos, enquanto os juros da Irlanda subiam a dois e dez anos e na Itália caíam a cinco e dez anos, embora subissem a dois anos.

Na Grécia, os juros desciam no prazo mais longo.