Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Tarifa social já beneficia 815 mil famílias

Alteração das regras de acesso, em julho deste ano, permitiu aumentar o número de beneficiários. É a terceira vez que sobem este ano

Ana Baptista

Ana Baptista

Jornalista

A tarifa social de eletricidade já beneficia 815 mil famílias carenciadas, mais 125 mil que em setembro, anunciou na sexta-feira, a secretaria de Estado da Energia.

É a terceira vez que este número sobe este ano, depois de o Governo ter alterado as regras de acesso a este desconto em julho. Nessa altura o número de beneficiários era de cerca de 140 mil e passou para 630 mil famílias. E em setembro voltou a subir para 690 mil.

A diferença é, de facto, grande, mas segundo explicou o Governo em julho, isto é possível porque desde então o acesso à tarifa social passou a ser automático, ou seja, há um cruzamento de dados entre a Direção-Geral de Energia, a Segurança Social e a Autoridade Tributária que permite às empresas comercializadoras de energia saberem logo que consumidores têm ou não direito a este desconto. Antes, eram os consumidores a abordar as empresas para pedir o acesso.

Estas famílias têm um desconto de 33,8% que se manterá em 2017, mas como incide sobre as tarifas do mercado regulado e estas vão aumentar 1,2% em janeiro do próximo ano, as tarifa social também irá aumentar.

Segundo anunciado pelo regulador na quinta-feira, o aumento será de 25 cêntimos por mês, assumindo uma conta média mensal de 20,4 euros.