Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Venda do Novo Banco pode estar em risco

© Rafael Marchante / Reuters

Em causa está o facto de o grupo chinês Minshenf Financial não ter feito ainda a prova dos fundos, avança o jornal Eco

O processo de venda do Novo Banco, que seguia a um ritmo acelerado, pode não estar concluído no final do ano, avança o jornal Eco. Em causa está o facto de o grupo chinês Minshenf Financial – que apresentou a melhor proposta de compra do antigo BES –, não ter feito ainda a prova dos fundos, ou seja garantir que tem os meios necessários para o negócio.

Essa dificuldade já foi inclusivamente transmitida ao Banco de Portugal (BdP) e a Sérgio Monteiro, que coordena o processo de venda, segundo várias fontes ouvidas pelo jornal.

O Eco adianta ainda que já foram assinados os memorandos de entendimento com os concorrentes ao negócio – o grupo chinês Minsheng, o fundo de capital de risco norte-americano Lone Star e o fundo norte-americano Apollo Managment em parceria com a Centerbridge – e que o BdP e Sérgio Monteiro esperavam apresentar entre esta e a próxima semana uma proposta ao Governo. O prazo poderá assim ter que ser alterado.