Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Wall Street encerra em alta com Dow Jones a bater novo recorde

Quase todos os setores de Wall Street encerraram com ganhos liderados pelo setor financeiro e seguidos dos setores das telecomunicações, industrial, tecnológico, matérias-primas e energético

A bolsa de Nova Iorque encerrou hoje em alta e pelo segundo dia consecutivo o Dow Jones subiu 0,18 por cento e bateu outro recorde, enquanto o Standard and Poor’s 500 ficou a um passo de um novo recorde.

O Dow Jones subiu 35,54 pontos para 19.251,78 unidades, enquanto o seletivo Standard and Poor’s 500 aumentou 0,34% para 2.212,23 unidades e o índice composto do mercado Nasdaq progrediu 0,45% para 5.333 unidades.

Os operadores de Wall Street protagonizaram uma sessão com altos e baixos que terminou com os seus três índices em alta graças aos setores financeiros e de telecomunicações e sem relação com a incerteza política em Itália e a forte descida do petróleo.

O Senado de Itália vota quarta-feira o Orçamento de Estado para 2017, o que permitirá ao primeiro-ministro, Matteo Renzi, efetivar a sua demissão.

O barril de Texas, de referência nos Estados Unidos, baixou 1,6% para 50,93 dólares, enquanto o barril de Brent, de referência na Europa, caiu 1,83% para 53,93 dólares.

Hoje foi divulgado o défice da balança comercial de bens e serviços dos Estados Unidos, que aumentou em outubro cerca de 17,8% para 42.600 milhões de dólares.

Quase todos os setores de Wall Street encerraram com ganhos liderados pelo setor financeiro e seguidos dos setores das telecomunicações, industrial, tecnológico, matérias-primas e energético.

A Boeing também encerrou em alta, depois de as suas ações terem caído quase um ponto percentual por causa da polémica provocada pelo Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, com o elevado custo do novo avião presidencial Air Force One.