Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

“Trump pode criar
 a oportunidade global 
para a China”

Joseph Nye Professor da Universidade de Harvard

Joseph Nye Professor da Universidade de Harvard

Se a agenda protecionista de Donald Trump, disparando em várias direções em relação aos seus aliados tradicionais, for à prática pode criar uma oportunidade de ouro para a projeção global da China nos próximos anos. “Tais ações [da futura administração] podem abrir, de facto, possibilidades para a China”, refere-nos Joseph Nye em declarações ao Expresso. O académico norte-americano foi o criador do conceito de soft power (poder de projeção geoeconómica e geopolítica através da atração e da persuasão) nos anos 1980 e um dos primeiros advogados do smart power (poder inteligente que coloca em sinergia os recursos de poder hard e soft) desde 2003.

O professor da Universidade de Harvard fará 80 anos precisamente um dia antes da tomada de posse do novo Presidente dos Estados Unidos em janeiro, e não tem dúvidas de que, mesmo antes de esta nova administração iniciar funções, “a retórica de Trump já prejudicou o poder soft dos EUA”. “Se, depois, Trump destruir o sistema de alianças e as instituições internacionais que têm sustentado a ordem liberal dos últimos 70 anos, isso enfraquecerá o poder hard e soft dos EUA”, sublinha. A ideia de “América primeiro” avançada na campanha eleitoral pelo candidato vencedor poderá transformar-se no declínio da hegemonia norte-americana no mundo. No entanto, Nye ressalva: “É ainda cedo. Teremos de esperar para ver se as políticas da administração Trump serão tão más quanto a sua retórica de campanha eleitoral”.

Leia mais na edição deste fim de semana