Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Lítio atrai multinacionais australianas

Portugal está definitivamente no mapa-mundo do interesse pelo lítio, em grande parte impulsionado pela procura crescente daquela matéria-prima para a produção de baterias para carros elétricos. Duas empresas mineiras australianas — a Dakota Minerals e a Slipstream Resources — estão neste momento a passar o território nacional a pente fino para avaliar o potencial do lítio em Portugal. O Expresso sabe que uma delas tem já uma parceria com a Felmica — o maior produtor de lítio em Portugal — que pode resultar num investimento de €150 milhões, repartido pelo aumento das áreas exploradas e pela construção de uma unidade industrial para transformação do concentrado de lítio em carbonato de lítio.

Carolina Mota, administradora da Felmica, admite que este investimento possa tornar-se realidade nos próximos cinco anos, sendo que o mais lógico seria construir a nova fábrica junto às instalações que a Felmica já detém em Mangualde.

Leia mais na edição deste fim de semana