Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Cortar no pessoal para investir mais

OCDE diz que o Governo português pode investir mais se cortar nas despesas com o pessoal da função pública

As previsões que a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) divulgou esta semana para a economia portuguesa destoam das do Orçamento do Estado para 2017 por uma simples razão: ao contrário do Governo, a OCDE não acredita na recuperação do investimento em Portugal.

Enquanto o Ministério das Finanças acredita que o investimento dispare de -0,7% em 2016 para 3,1% em 2017, a OCDE prevê que o investimento caia 2% este ano para subir apenas 0,7% no próximo ano, já que a banca está frágil e os empresários e o Estado permanecem muito endividados.

Leia mais na edição deste fim de semana