Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Estado injeta 30,2 milhões na STCP

Rui Duarte Silva

O Estado aumentou o capital social da Sociedade de Transportes Coletivos do Porto

O Estado injetou 30,28 milhões de euros na Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP), antecipando a transferência da posse da empresas para as autarquias.

A STCP anunciou em comunicado enviado à CMVM um aumento de capital de 30.282.535 milhões de euros, subscrito pelo acionista único – o Estado. Com esta operação, o capital da STCP fica nos 115.787.660 milhões de euros.

O último aumento de capital da STCP fora realizado em julho de 2015, em pouco mais de cinco milhões de euros.

Transferência em 2017

A propriedade e gestão da empresa de transporte rodoviário que serve seis municípios da Área Metropolitana do Porto vai passar em 2017 para as autarquias, devendo o processo ser enviado ao Tribunal de Contas até ao fim do ano. Os autarcas admitem que o processo esteja concluído até março.

No caso do Porto, o negócio será idêntico ao realizado em Lisboa, mas terá duas etapas. Primeiro realiza-se a transferência da gestão e só depois a propriedade.

A STCP fechou o primeiro semestre de 2016 com um prejuízo de 20,2 milhões de euros, que compara com os 7,9 milhões do ano anterior.