Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Parque Tecnológico da Covilhã acolhe mais sete empresas

A escolha daquela cidade para a instalação de novas empresas "representa o assumir de um dos municípios industriais mais exportadores do interior do país", referem os responsáveis do Parqkurbis - Parque de Ciência e Tecnologia da Covilhã

O Parkurbis - Parque de Ciência e Tecnologia da Covilhã - anunciou hoje que aquela estrutura irá acolher sete novas empresas, bem como uma delegação da União de Exportadores da Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Em comunicado enviado à agência Lusa, o Parkurbis especifica que, das sete empresas, três já estão a laborar naquele espaço e que as outras quatro se encontram ainda "com uma presença embrionária".

Segundo o referido, no primeiro grupo estão as empresas BAU Special Solutions (aplicação de tecnologias para obras especiais), a ALUPRO (venda de tecnologia e componentes para a produção de caixilharia e alumínio) e a António Coelho Barbosa Despachante (exportações).

A GLOBSERNET, a TSCG, a DEMANDINGWORLD e a KBG Data Systems integram o grupo das empresas que já colocaram a sua sede no Parkurbis.

A nota de imprensa refere igualmente que a União de Exportadores da CPLP (UE-CPLP) decidiu criar a delegação das Beiras e Alto Alentejo na cidade da Covilhã, mais concretamente no Parkurbis.

"Será a primeira vez que uma delegação económica da instituição se integra num parque de Ciência e Tecnologia, assumindo assim a UE-CPLP a importância e o contributo para o país das exportações empresariais de serviços tecnológicos", está referido na nota.

A informação sublinha ainda que a escolha da Covilhã "representa o assumir de um dos municípios industriais mais exportadores do interior do país, precisamente aquele que maior saldo positivo tem na balança comercial importações/exportações".

Segundo o referido, a delegação será inaugurada no dia 24 de novembro, às 16:00 no Parkurbis.