Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

VW vai cortar 30 mil postos de trabalho a nível mundial

GETTY

"Este é um grande passo em frente, talvez o maior na história da empresa", afirmou o responsável da marca VW, que tenta recuperar do escândalo de emissões e quer investir no fabrico de veículos eléctricos e sem condutor. Só na Alemanha, o fabricante vai cortar 23 mil postos de trabalho. O acordo com os trabalhadores foi anunciado esta sexta-feira em conferência em Wolfsfurg.

A Volkswagen chegou a acordo com os trabalhadores para cortar 30 mil postos de trabalho a nível mundial para poupar 3,7 mil milhões de euros em despesas e investir no fabrico de carros eléctricos.

O acordo anunciado esta sexta-feira em conferência de imprensa em Wolfsburg, na Alemanha, envolve o corte de 23.000 postos de trabalho só na Alemanha, e surge após meses de intensas negociações.

"Este é um grande passo em frente, talvez o maior na história da empresa", afirmou Herbert Diess, responsável da marca VW, citado pela Bloomberg. "Todos os fabricantes têm de se reconstruir devido às iminentes mudanças no setor. Precisamos abraçar a mudança".

A VW, que está a tentar recuperar do escândalo relativo às emissões, pretende investir no fabrico de carros eléctricos e sem condutor.