Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Autoeuropa não será afetada pelos despedimentos na VW

Nuno Botelho

O corte de 30 mil postos de trabalho da Volkswagen a nível mundial não inclui a fábrica da Autoeuropa em Palmela, confirmou ao Expresso fonte da empresa

A Volkswagen Autoeuropa não será afectada pelo plano do grupo alemão de cortar até 30.000 postos de trabalho a nível mundial, confirmou fonte oficial da Autoeuropa.

"Não há um impacto direto na Volkswagen Autoeuropa. Ou seja, o plano de investimento mantém-se inalterado, assim como o programa de lançamento do novo modelo – que será muito importante no sentido de dar um novo fôlego à marca Volkswagen - e o processo de contratação de novos colaboradores", confirmou a mesma fonte.

"Indiretamente, poderá haver algum esfoço adicional de contenção de custos em todas as fábricas, mas que no caso da Volkswagen Autoeuropa, não afetará postos de trabalho", concluiu.

O grupo alemão anunciou esta sexta-feira ter chegado a acordo com os trabalhadores para cortar até 30.000 postos de trabalho a nível global, dos quais 23.000 nas suas fábrinas na Alemanha.

O objetivo é obter poupanças de 3,7 mil milhões de euros anuais a partir de 2020 e investir em veículos eléctricos e sem condutor.

A marca está a tentar recuperar do escândalo relativo à falisificação dos resultados dos testes de emissões nos seus veículos.

Em Portugal, a fábrica de Palmela emprega cerca de 3.500 colaboradores, estando em curso um plano para recrutar entre 800 e 1.300 colaboradores no âmbito da produção do novo SUV, cujo arranque está previsto para o final do segundo trimestre de 2017.

(Em atualização)

  • VW vai cortar 30 mil postos de trabalho a nível mundial

    "Este é um grande passo em frente, talvez o maior na história da empresa", afirmou o responsável da marca VW, que tenta recuperar do escândalo de emissões e quer investir no fabrico de veículos eléctricos e sem condutor. Só na Alemanha, o fabricante vai cortar 23 mil postos de trabalho. O acordo com os trabalhadores foi anunciado esta sexta-feira em conferência em Wolfsfurg.