Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Atividade económica recua em setembro e clima económico diminui em outubro

HUGO DELGADO / LUSA

O indicador de atividade económica, disponível até setembro, e o de clima económico, disponível até outubro, diminuíram em Portugal, segundo dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística

O indicador de atividade económica, disponível até setembro, e o de clima económico, disponível até outubro, diminuíram em Portugal, segundo dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com o INE, o indicador de atividade económica baixou em setembro para os 1,3 pontos (dos 1,5 pontos registados em agosto).

O indicador de clima económico (calculado através de inquéritos a empresas de vários setores de atividade) diminuiu igualmente em outubro dos 1,4 pontos de setembro para os 1,3 pontos em outubro.

O indicador quantitativo do consumo privado (calculado através de inquéritos a particulares) acelerou em agosto, após ter desacelerado entre maio e julho, refletindo o crescimento mais expressivo das duas componentes, consumo duradouro e corrente.

O indicador de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), por sua vez, estabilizou em setembro, “verificando-se um contributo mais elevado da componente de material de transporte, um menor contributo da componente de máquinas e equipamentos e um contributo mais negativo da componente de construção”, segundo o INE.

Os indicadores de confiança do INE são calculados através de médias móveis de três meses dos saldos de respostas extremas a inquéritos.