Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Portugal colocou €1500 milhões de dívida a juros ainda negativos

Portugal colocou esta manhã 1500 milhões de euros, montante máximo anunciado, em Bilhetes do Tesouro a seis e 12 meses a juros negativos no prazo mais curto, mas superiores em ambos os casos aos dos anteriores leilões comparáveis, foi anunciado

Portugal colocou hoje 1.500 milhões de euros, montante máximo anunciado, em Bilhetes do Tesouro a seis e 12 meses a juros negativos no prazo mais curto, mas superiores em ambos os casos aos dos anteriores leilões comparáveis, foi anunciado.

Segundo a página da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) na Bloomberg, a 12 meses foram colocados 1.250 milhões de euros em Bilhetes do Tesouro (BT) à taxa de juro de 0,005%, de novo positiva e mais alta do que a registada em 21 de setembro, quando foram colocados 1.750 milhões de euros a uma taxa negativa de -0,014%.

A seis meses, foram colocados 250 milhões de euros em BT à taxa de -0,027%, menos negativa do que a verificada também em 21 de setembro quando foram colocados 500 milhões de euros a uma taxa de -0,033%.

A procura atingiu 1.960 milhões de euros para os BT a 12 meses, 1,57 vezes superior ao montante colocado, e 985 milhões de euros para os BT a seis meses, 3,94 vezes o montante colocado.

O IGCP tinha anunciado para hoje dois leilões de BT a seis e 12 meses entre 1.250 milhões de euros e o montante máximo de 1.500 milhões de euros com maturidades em 19 de maio de 2017 e em 17 de novembro de 2017, respetivamente.