Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

PIB cresce 0,8% no terceiro trimestre

O Produto Interno Bruto aumentou 0,8% em termos reais em julho, agosto e setembro, informa esta terça-feira o Instituto Nacional de Estatística. Sobretudo devido a uma aceleração mais expressiva das exportações de bens e serviços

O crescimento mais intenso do Produto Interno Bruto (PIB) no terceiro trimestre do ano “refletiu principalmente o aumento do contributo da procura externa líquida, verificando-se uma aceleração mais expressiva das exportações de bens e serviços em comparação com a das Importações de Bens e Serviços”, revela esta terça-feira o Instituto Nacional de Estatística.

Em termos homólogos, o PIB registou um aumento de 1,6% em volume, o que compara com uma variação de 0,9% nos dois trimestres anteriores. Comparando com o segundo trimestre, o PIB aumentou 0,8% em termos reais (0,3% no trimestre anterior).

O contributo da procura interna para a variação homóloga do PIB também aumentou, “em resultado da aceleração do consumo privado devido ao comportamento da componente de bens não duradouros e serviços, enquanto a componente de bens duradouros desacelerou”, adianta o INE.
Também o contributo da procura externa líquida foi positivo, refletindo o forte aumento das exportações de bens e serviços, enquanto a procura interna registou um contributo negativo.

Recorde-se que o Governo perspetiva um crescimento de 1,2% durante todo o ano, o que representa uma revisão em baixa face aos 1,8% projetados inicialmente.