Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Jaguar entra na era elétrica com larga autonomia

Imagem virtual do protótipo elétrico da Jaguar, que será apresentado esta quarta-feira no Salão Automóvel de Los Angeles

Jaguar

A tradicional marca britânica – atualmente detida pelos indianos da Tata – está a preparar o seu primeio elétrico, o SUV i-Pace, que promete uma autonomia superior a 500 quilómetros

A tradição muda e a Jaguar é uma prova disso. Em vez dos bólides para competir em provas de resistência, como o circuito de Le Mans, a Jaguar está a desenvolver o seu primeiro veículo eléctrico, que apresentou esta terça-feira numa experiência de realidade virtual, prometendo uma autonomia para mais de 500 quilómetros com a mesma carga de baterias.

Trata-se de um protótipo elétrico – com design de superdesportivo, altos desempenhos e um interior semelhante ao de um SUV –, que será a base para desenvolver o i-Pace, cuja comercialização está prevista para 2018.

Jaguar

Diz a Jaguar que o novo elétrico vai assegurar uma aceleração dos zero aos 100 km/hora em quatro segundos, sendo equipado com uma bateria de 90 kWh, de carregamento rápido, que a marca diz que permitirá percorrer mais de 500 quilómetros com um só carregamento.

Este elétrico da Jaguar terá tração às quatro rodas, utilizando para o efeito dois motores elétricos que disponibilizam um binário de 700 Nm e uma potência de 400 cavalos. A marca britânica prevê começar a vender o i-Pace em 2018.

Segundo o diretor de design da marca, Ian Callum, "o i-Pace Concept é o símbolo da próxima geração de design de veículos elétricos".

A apresentação do protótipo foi faita em ambiente de realidade virtual em espaços localizados em Los Angeles e Londres, que permitiram a entreda de grupos de 66 pessoas para conhecerem o protótipo e interagirem em tempo real com outros participantes.

Jaguar

As apresentações utilizaram bancos virtuais do protótipo, com panorâmica de 360° da praia californiana de Venice Beach e observaram como foi fabricado, peça a peça, o veículo em seu redor, além de observarem o i-Pace Concept a aproximar-se a alta velocidade num deserto virtual.

Os motores elétricos e a bateria de iões de lítio de 90 kWh foram concebidos na Jaguar Land Rover. A marca refere que "os postos de carregamento de 50 kW da rede pública permitem carregar a bateria a 100% em pouco mais de duas horas", referindo que isso será "suficiente para proporcionar uma autonomia superior a 500 quilómetros".

Este protótipo será apresentado ao público esta quarta-feira, 16 de novembro, em formato real, no Salão Automóvel de Los Angeles.