Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Conheça os vencedores do Prémio REN 2016

Da autoria de Pedro Castro, o projeto de estudo e análise da viabilidade de participação dos produtores eólicos em mercados de energia, foi considerado o melhor pela REN na 21ª edição do seu prémio, a que o Expresso se associou, e que distingue as melhores teses de mestrado no âmbito da energia

Três distinguidos no pódio e três menções honrosas. É desta forma que se dividem as distinções atribuídas hoje pela REN no hotel Ritz, em Lisboa, naquele que é o mais antigo galardão científico atribuído em Portugal. São 21 anos a reconhecer as teses de mestrado com mais-valia no universo da energia e que reconhecem o seu potencial impacto.

Neste ano, o primeiro lugar foi para o estudante da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), Pedro Castro, que se encontra a desenvolver um projeto intitulado “Participação da Produção Eólica no Mercado de reserva de balanço.” Consistiu no estudo e análise da viabilidade de participação dos produtores eólicos em mercados de energia, do mesmo modo que as centrais, ditas tradicionais, o fazem.

Na segunda posição fica Jorge Filipe, também da FEUP, que desenvolveu um novo algoritmo que permite utilizar uma central hidroelétrica com bombagem e armazenamento, enquanto André Silva completou o pódio (e um hat-trick para a instituição nortenha) com uma ideia que contempla a utilizacão de sistemas de armazenamento de energia como forma de aumentar a integração da produção de origem renovável em redes elétricas isoladas.

Nas menções honrosas, encontramos Miguel Medeiros da Universidade da Beira Interior (UBI), José Gouveia da FEUP e Renata Martins também da UBI. O primeiro desenvolveu um trabalho sobre medidas de eficiência energética nos sistemas de energia eléctrica, ao passo que o segundo apostou no fornecimento de serviços de regulação de frequência às redes continentais por parte dos parques eólicos offshore. Já Renata apresenta ao mercado diário de eletricidade duas estratégias de oferta de energia elétrica produzida a partir de fontes renováveis.

Acompanhe a cobertura do evento no site do Expresso, e conheça melhor os projetos dos vencedores na próxima edição do semanário.