Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Fórum para a Competitividade diz que a estratégia orçamental permanece errada

O Fórum para a Competitividade, presidido por Ferraz da Costa, argumenta que a estratégia orçamental continua errada, pois insiste em fazer subir a receita para sustentar uma despesa excessiva

O Fórum para a Competitividade diz que o Governo insiste na “estratégia económica errada de estímulo da procura interna, que está a produzir um crescimento inferior a 1%”.

Na nota de conjuntura divulgada esta segunda-feira, aquela entidade refere que o Governo pressupõe uma aceleração do crescimento para 2017, para 1,5%, “difícil de justificar”, visto que há mudança de estratégia económica. “O valor em si mesmo é insuficiente para as necessidades do país, mas não se vê como possa ser alcançado com este orçamento”.

O Forum da Competitividade, presidido por Ferraz da Costa, argumenta ainda que a estratégia orçamental permanece errada, pois insiste em fazer subir a receita para sustentar uma despesa excessiva, “havendo inclusive a imprudência de aumentar esta, esperando que a consolidação se faça de forma automática com a atividade económica”.

“A almejada diminuição do défice orçamental, de 2,4% para 1,6% do PIB em 2017, começa por sofrer um efeito base, por ser difícil de acreditar que o valor para 2016 venha a ser cumprido, talvez em termos contabilísticos mas não substanciais”, remata a nota de conjuntura, sustentando ainda que o crescimento da dívida em cerca de €4,5 mil milhões, “afigura-se excessivo para o esperado aumento do PIB nominal, pouco superior, de 5,5 mil milhões de euros”.