Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Wall Street no verde, à espera das atas da Fed. Europa fecha no vermelho

  • 333

A pouco mais de meia hora da divulgação das atas da reunião de setembro dos banqueiros centrais norte-americanos, os dois principais índices de Nova Iorque mantêm-se em terreno positivo. Na Europa, a derrocada das ações da Ericsson em Estocolmo marcou esta quarta-feira as perdas nas bolsas europeias

Jorge Nascimento Rodrigues

As bolsas europeias fecharam esta quarta-feira no vermelho pelo segundo dia consecutivo. O índice Eurostoxx 50, das cinquenta principais cotadas da zona euro, caiu 0,27%. A bolsa de Estocolmo liderou as quedas europeias, com o índice OMX S30 a perder 0,89%.

A sessão europeia ficou marcada pela derrocada das ações da Ericsson, que caíram 20,2% em Estocolmo, depois do anuncio que as vendas se reduziram em 14% no terceiro trimestre. A empresa tecnológica está sem diretor-geral desde julho. O índice das tecnológicas do Eurostoxx perdeu 2,9% esta quarta-feira.

Os principais índices europeus registaram quedas superiores a 0,4%, com exceção do Ibex 35 em Madrid e do MIB em Milão que ficaram ligeiramente abaixo da linha de água. O índice PSI 20, da bolsa de Lisboa, perdeu 0,21%, depois de duas sessões em que ganhou 1,5%.

A meia hora da divulgação das atas da reunião de 20 e 21 de setembro da Reserva Federal norte-americana (Fed), os índices de Wall Street estão em terreno positivo e o Nasdaq (a bolsa das tecnológicas) flutua em torno da linha de água influenciado pelo que se está a passar no sector à escala mundial. O sector está a ser marcado pela derrocada de hoje da Ericsson em Estocolmo e pela queda contínua da Samsung na bolsa de Seul desde 10 de outubro, depois da empresa coreana ter anunciado que suspendia definitivamente as vendas do telefone Galaxy Note 7.

A probabilidade de uma decisão de subida das taxas de juro pela Fed na reunião de 14 de dezembro subiu de 69,5%, no fecho de ontem, para 70,6%, esta tarde, segundo o mercado de futuros daquelas taxas seguido por um indicador do CME Group. Os analistas e os investidores esperam pela divulgação das atas para avaliarem se a maioria do comité de política monetária do banco central se inclina, de facto, para essa decisão até final do ano.

  • Os mercados financeiros aguardam esta quarta-feira a divulgação ao final da tarde das atas da última reunião do banco central norte-americano em setembro. No mercado de futuros, a probabilidade de um aumento das taxas de juro em dezembro nos Estados Unidos elevou-se para perto de 70%