Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Galaxy Note 7 vai custar 2,1 mil milhões de euros nos lucros da Samsung

  • 333

KIM HONG-JI / Reuters

Empresa sul-coreana antecipa quebra de 33% nos seus lucros para o terceiro trimestre

A Samsung Electronicos reviu hoje em baixa a sua previsão de lucros para o terceiro trimestre, antecipando uma quebra de 33,3% depois da suspensão da produção e vendas do Galaxy Note 7, na sequência dos casos de explosão e combustão deste modelo. É o primeiro indicador do custo desta crise na empresa, sublinha a Bloomberg.

A empresa sul-coreana, que tinha anunciado uma previsão de lucros de 6,2 mil milhões de euros, mas fala, agora, de 4,1 mil milhões, depois de ter suspendido a produção do modelo, interrompendo a sua venda e pedindo aos clientes para não usarem este dispositivo móvel, ao mesmo tempo que garante a possibilidade de reaverem o dinheiro ou poderem reinvesti-lo noutros modelos da marca.

A Samsung já recolheu mais de 2,5 milhões de unidades deste modelo em 10 países, depois de uma sucessão de casos de explosão das bateriais quando estavam a recarregar.

Os analistas tinham estimado o potencial de perdas em mil milhões de dólares e, nos últimos três dias, as ações da empresa cairam 10%.