Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

CTT acima do preço da entrada em Bolsa após forte derrocada

  • 333

As ações dos CTT dispararam mais de 4,5% esta terça-feira. Depois de perderem quase metade do seu valor no último ano, os títulos conseguem agora estar acima dos 5,52 euros do preço da Oferta Pública Inicial em 2013. Mas será a subida de hoje sol de pouca dura?

Elisabete Tavares

As ações dos CTT dispararam em Bolsa esta terça-feira depois de terem estado sob forte pressão vendedora nas anteriores sessões, e estão a negociar acima do valor da Oferta Pública Inicial.

No último ano, as ações dos Correios caíram 41% enquanto as do Deutsche Post e as do Royal Mail subiram 6% e 3%, respetivamente.

"Os CTT apostaram no negócio de banca numa má altura, quando as margens estão em queda e o sector está em declínio. Ainda por cima num modelo de baixo custo (low cost). Os CTT, que não tinham dívida, passaram a estar numa indústria de capital intensivo e que exige um esforço de balanço ", afirma Steven Santos, gestor do BiG.

Por outro lado, lembra que os CTT são penalizados pela subida das taxas de juro da dívida soberana.

A subida de 4,54% para 5,912 euros esta terça-feira é explicada com uma recuperação do título e uma nota de análise do Haitong que vê um potencial de subida das ações de 80%, segundo a Reuters.

Isto, depois de as ações dos Correios terem tocado os 5,511 euros no dia 10 de outubro, abaixo dos 5,52 euros de preço fixado no IPO em 2013.

"Não acredito que uma análise seja caso para uma grande recuperação", adianta o mesmo analista que aponta como suporte para as ações dos CTT o nível dos 5,5 euros.

"Mas há que ver como a cotação se vai comportar nos próximos dias", afirma.

O sector da banca europeu tem estado de novo sob forte pressão nos mercados devido a problemas em torno do Deutsche Bank. O sector é visto como um dos grandes riscos para a zona euro.