Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Como 110 milhões de euros vão mudar o Colombo

  • 333

O Colombo ganha 17 mil metros quadrados e uma nova torre de escritórios mais baixa e estreita

José Carlos Carvalho

Depois dos centros comerciais, a Sonae Sierra vai estrear-se no segmento da habitação

A Sonae Sierra estima investir €110 milhões para renovar o complexo do Centro Colombo, em Lisboa. O melhor conceito para a expansão do centro comercial em 17 mil metros quadrados ainda está em fase de estudo, mas a empresa já garantiu a aprovação do Pedido de Informação Prévia e vai avançar com o processo de licenciamento da obra que dará ao Colombo uma terceira torre de escritórios, mais baixa e estreita do que as duas já existentes.

É uma obra enquadrada no plano de renovação e expansão de ativos da empresa, que avançará, em 2017, com a ampliação do NorteShopping, no Porto, e assume estar pronta a alargar os horizontes do negócio para assumir uma nova vocação e começar a fazer casas. A estreia poderá ser na cidade alemã de Nuremberga, onde a Sonae Sierra, que sempre se apresentou como “especialista em centros comerciais”, comprou a antiga sede da Quelle em leilão, no âmbito do processo de insolvência do grupo de vendas por catálogo.

Leia mais na edição deste fim de semana