Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Wall Street abre no verde. Stresse diminuiu na Europa

  • 333

Ações do Deutsche Bank em Nova Iorque abrem a subir 6%. Em Frankfurt flutam acima e abaixo da linha de água. Índices Dow Jones 30 e S&P 500 com ganhos de 0,6%. Preço do Brent já esteve acima de 50 dólares

Jorge Nascimento Rodrigues

As bolsas de Nova Iorque abriram esta sexta-feira em terreno positivo, invertendo o fecho do dia anterior, quando o índice MSCI para os Estados Unidos perdeu quase 1%. Na Europa, o stresse matinal abrandou.

O Dow Jones 30 e o S&P 500 abriram a ganhar 0,6% e o índice geral do Nasdaq subiu 0,4%.

As ações do Deutsche Bank no New York Stock Exchange (NYSE) abriram a subir 6%, depois de ontem terem caído 6,67%. Em Frankfurt, depois de uma abertura em baixa, com as ações a caírem para um valor mínimo de 9,9 euros, estão, agora, a flutuar acima e abaixo do nível de água.

Depois de um disparo de 20% na abertura bolsista na Europa, o índice de pânico VIX ligado ao Eurostoxx 50 abrandou. A subida em relação ao fecho do dia anterior é, agora, de 4,9%.

O índice Eurostoxx 50, das cinquenta principais cotadas da zona euro, regista perdas de 0,39%, depois de ter caído 1,7% na abertura desta sexta-feira. O índice PSI 20, da bolsa de Lisboa, depois de ter aberto a recuar 0,9%, regista, agora, uma descida de 0,6%. Nas principais praças europeias, o índice Ibex 35, de Madrid, lidera as quedas, com uma descida de mais de 1%.

O preço do barril de petróleo de Brent já atingiu ao início da tarde na Europa os 50 dólares. Cotiza-se, agora, em 49,7 dólares, refletindo o otimismo moderado derivado do acordo de Argel na quarta-feira entre os membros da OPEP para o restabelecimento de um teto de produção mensal.