Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Países Exportadores de Petróleo vão reduzir produção e preço do barril dispara

  • 333

Os Estados-membros da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) concordaram hoje, em Argel, em reduzirem a produção de crude em 2017, para 32,5 milhões de barris por dia

Os Estados-membros da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) concordaram hoje, em Argel, em reduzirem a produção de crude em 2017, para 32,5 milhões de barris por dia.

Esta decisão significa uma diminuição de 750 mil barris/dia em relação ao mês de agosto, indicou a agência Bloomberg News, que citou um membro de uma delegação, que pediu o anonimato.

Os países da OPEP fornecem cerca de 40% da oferta mundial de crude.

A decisão foi tomada em Argel, numa reunião informal da organização, para debater um eventual congelamento da produção e tentar fazer subir as cotações do petróleo.

As cotações do petróleo em Nova Iorque fecharam em alta, depois de ter sido divulgado o acordo finalizado em Argel.

O acordo deverá ser aprovado em Viena, a 30 de novembro deste ano.

Preços disparam quase 6%

O preço do barril de petróleo Brent, para entrega em novembro, encerrou hoje no mercado de futuros de Londres em alta de 5,91%, para os 48,69 dólares.

O crude do Mar do Norte, de referência na Europa, terminou a sessão no International Exchange Futures a cotar 2,72 dólares acima dos 45,97 com que fechou as transações na terça-feira.