Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsa de Lisboa em alta com BCP a subir 4,55%

  • 333

O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, estava esta terça-feira em alta, com as ações do BCP a liderarem os ganhos, a subirem 4,55% para 0,0161 euros

Cerca das 9h em Lisboa, o PSI20 estava a subir 0,16% para 4.574,14 pontos, com 13 'papéis' a valorizarem-se, três inalterados e três inalterados, depois de em 27 de junho ter terminado a sessão no mínimo de sempre de 4.260,13 pontos.
As ações da Pharol e da Mota-Engil eram outros dos que maiores acréscimos registavam, estando a subir 2,50% para 0,246 euros e 0,79% para 1,652 euros.

No outro extremo, as ações da NOS eram as que mais desciam, estando a cair 0,26% para 6,097 euros.

Na Europa, as principais bolsas estavam esta terça-feira de manhã em alta, com os investidores animados com a tendência positiva da Ásia, onde Tóquio terminou a ganhar quase 1%.

Com o preço do petróleo acima dos 47 dólares, os investidores acolheram de forma positiva as informações dos meios norte-americanos que dão a vitória a Hillary Clinton no debate eleitoral televisivo que decorreu esta madrugada, contra Donald Trump.
Contudo, os investidores seguem com atenção o setor financeiro, depois do banco alemão Deustche Bank se ter desvalorizado cerca de 7%.

Esta manhã foi anunciado que o Commerzbank, o segundo maior banco alemão, poderia estar a estudar o corte de 9.000 empregos nos próximos anos.

Em Nova Iorque, a bolsa de Wall Street terminou em baixa na segunda-feira, com o Dow Jones a descer para 18.094,83 pontos, menos 0,91% do que na sessão anterior e depois de ter subido em 15 de agosto até aos 18.636,05 pontos, o nível máximo desde que foi criado.

O barril de petróleo Brent, para entrega em novembro, abriu hoje em alta, a cotar-se a 47,18 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, mais 0,31% do que no encerramento da sessão anterior.

A nível cambial, o euro abriu em baixa no mercado de divisas de Frankfurt, a cair para 1,1245 dólares, contra 1,1267 na segunda-feira.