Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

10 anos, 10% do investimento recuperado

  • 333

O dia 9 de maio 
de 2006 marcou o fim da fraude da Afinsa 
e o início do calvário para os investidores 
e aforradores afetados

Reuters

Os lesados poderão vir a recuperar mais algum do investimento feito em selos da Afinsa

A grande maioria dos lesados portugueses no escândalo da Afinsa recuperou 10% do investimento. Segundo a Deco — Associação para a Defesa do Consumidor, os lesados da Afinsa poderão vir a recuperar mais capital à medida que o património da empresa vá sendo liquidado e também por via de indemnizações.
“A maioria dos credores portugueses já recuperou 10% do seu investimento”, afirma Ana Tapadinhas, diretora-geral da Deco, ao Expresso. “Estamos crentes que, continuando a liquidação da empresa, sempre que houver venda de património os credores irão recuperar algo mais.” Além disso, os investidores lesados da ‘fraude dos selos’ poderão vir a receber indemnizações relativas ao caso.

A Deco representou cerca de 2700 portugueses lesados no caso dos selos da Afinsa, um esquema piramidal descoberto há 10 anos e que ainda não está totalmente resolvido. No caso dos portugueses representados pela Deco, os créditos reclamados atingiam €68 milhões. No total, em Portugal e Espanha, foram afetados perto de 200 mil investidores com as perdas a superar €2 mil milhões. Após a insolvência, a empresa está em fase de liquidação. Entre 1998 e 2006, o grupo Afinsa angariou milhares de milhões de euros junto de pequenos investidores, muitos dos quais pensionistas. A empresa foi intervencionada a 9 de maio de 2006, junto com outra, o Fórum Filatélico, por suspeitas de fraude.

A 27 de julho deste ano, a Audiencia Nacional, um tribunal espanhol, condenou onze antigos executivos da sociedade filatélica a penas de prisão até 12 anos. Seis dos arguidos foram ainda condenados a pagar €2,574 mil milhões para indemnizar os lesados da Afinsa. Ficaram provados os crimes de fraude, branqueamento de capitais e fuga ao fisco.

Leia mais na edição deste fim de semana