Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Tec Pellets investe €31 milhões na Póvoa do Varzim

  • 333

Expansão da fábrica vai criar 23 novos postos de trabalho diretos e visa entrar em novos mercados como Alemanha, Bélgica, Itália ou Suécia

A Tec Pellets do empresário Avelino Reis vai investir 30,7 milhões de euros na expansão e inovação na fábrica da Póvoa de Varzim que produz pellets de biomassa, um combustível cilíndrico mais barato e limpo que provém dos resíduos da madeira e da floresta.

Por se revelar de especial interesse para a economia nacional, o projeto conta com o apoio de €6,1 milhões de incentivos europeus do Compete 2020. Após a candidatura em 2015 ao Portugal 2020, foi negociado com a AICEP o contrato de investimento agora aprovado pelo ministro da Economia e pelo secretário de Estado da Internacionalização a 1 de setembro.

O Governo considera que o projeto assume uma grande relevância para o desenvolvimento da economia nacional, através de um impacto direto nas exportações nacionais, e para a competitividade da região, através do aumento da qualificação e do poder de compra dos trabalhadores locais.

Para além da manutenção do mercado do Reino Unido, prevê -se a entrada da empresa em novos mercados, tais como a Alemanha, a Bélgica, a Itália e a Suécia, estando, assim, em linha com a estratégia nacional de orientação para o aumento das exportações e de redução do défice da balança comercial.

Com este investimento de €30,7 milhões, a Tec Pellets prevê alcançar, no ano de 2025, um volume de negócios anual de cerca de €18 milhões, e um valor acrescentado bruto anual de cerca de €6,1 milhões, bem como a criação de 23 novos postos de trabalho diretos e permanentes, dos quais três são altamente qualificados, até ao final de 2017. Prevê-se que as exportações representem perto de 95% do volume de negócios total da Tec Pellets.

O projeto agora aprovado assenta em dois investimentos fundamentais: a caldeira, inovadora pelo seu tamanho e pela tecnologia utilizada, e os silos de matéria-prima e de biomassa, altamente inovadores pela sua ação combinada, resultante da tecnologia implementada na caldeira. A Tec Pellets será a primeira empresa europeia cujo processo produtivo apresenta uma otimização dos silos de secagem de biomassa e de matéria -prima com o objetivo de reduzir a humidade e, consequentemente, os seus consumos, assim obtendo poupanças em termos económico e um melhor uso dos recursos naturais, tais como a madeira e a biomassa florestal.