Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Chineses vão ficar a mandar na dona do “DN”

  • 333

Chineses ficaram agradados com as contas da Global. Venda do edifício 
do “DN” vai aliviar passivo de €40 milhões

Joao Carlos Santos

Reuniões nos últimos dias deixam negócio encaminhado. Aumento de capital deve avançar em 2017

O grupo chinês KNJ Investment Limited, sediado em Macau — e liderado pelo empresário Kevin Ho, sobrinho do ex-chefe do Executivo em Macau, Edmund Ho — está a preparar-se para assumir o estatuto de maior acionista do grupo Global Media, proprietário de meios como “JN”, “DN” e TSF.

Segundo apurou o Expresso, a operação deverá ser formalizada nos próximos meses, provavelmente já em 2017, e será concretizada através de um aumento de capital e da compra de pequenas parcelas (2,5%) das participações de 15% atualmente detidas no grupo pelo BCP e pelo Novo Banco.

O aumento de capital será subscrito na íntegra pelos investidores chineses e as fontes ouvidas pelo Expresso apontam para que no fim desse processo a KNJ fique com uma participação de cerca de 30% do capital da Global Media, mediante um investimento entre os €15 milhões e os €20 milhões. O restante capital atualmente detido por António Mosquito (27,5%), Joaquim Oliveira (27,5%) e Luís Montez (15%) será reduzido na mesma proporção, para valores na ordem dos 20% e 10%, respetivamente.

Leia mais na edição deste fim de semana