Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Presidente da AdC convidado para liderar a divisão da Concorrência na OCDE

  • 333

António Ferreira Gomes foi convidado para liderar a divisão da Concorrência da OCDE. Se aceitar deixar a Autoridade da Concorrência, é a primeira vez que o presidente de um regulador nacional sai do mandato a meio

António Ferreira Gomes foi, sabe o Expresso, convidado para liderar o departamento da Concorrência da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), em Paris, considerado um cargo de enorme prestígio. Se aceitar terá de deixar a presidência da Autoridade da Concorrência (AdC).

Tratando-se de um regulador, e de um regulador de grande relevância, o Ministério da Economia terá de dar seu consentimento para que Ferreira Gomes possa deixar o seu mandato a meio. O Governo já está informado do convite da OCDE.

"O convite está em fase de negociação com o Governo, que está consciente do prestígio que representa para Portugal, a nomeação, pela primeira vez, de um português para orientar a política de Concorrência numa instituição de peso como a OCDE", afirmou fonte conhecedora do processo.

António Ferreira Gomes foi empossado presidente da AdC em Setembro de 2013, e o seu mandato terminava em 2018. Foi então substituir Manuel Sebastião. Se o ainda presidente da AdC aceitar, é um regresso à OCDE, onde foi especialista principal. Foi de lá que veio para a AdC, onde também já tinha estado entre 2007 e 2013.

Apesar de discreto publicamente, Ferreira Gomes tem sido um presidente da AdC ativo. O seu mandato ficou marcado, entre outras coisas, pela acusação de abuso de posição dominante por parte dos CTT e a acusação de um acordo de não concorrência entre a EDP e a Sonae. E também a condenação da Associação Nacional de Farmácias por abuso de posição dominante, aplicando-lhe uma coima de 10,3 milhões de euros. Destaque ainda para a acusação de prática anticoncorrencial em 15 instituições bancárias e para a aplicação de uma coima de 9,29 milhões de euros à Galp Energia por práticas anticoncorrenciais no gás engarrafado.

Nascido em 1973, Ferreira Gomes licenciou-se em Economia na Universidade de Coimbra.Tirou um doutoramento na Universidade de York, no Reino Unido, entre 1997 e 1998, onde foi depois assistente.