Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Escândalo Wells Fargo deixa Warren Buffett mais pobre. Desce na lista dos bilionários

  • 333

Paul Morigi/GETTY

A desvalorização do banco Wells Fargo (6,5%) levou Buffett a cair para a quarta posição na lista dos bilionários. É ultrapassado por Jeff Bezos, da Amazon

Warren Buffett está mais pobre. Desceu de terceiro para o quarto lugar na lista de bilionários da Forbes, penalizado pela descida acentuada das ações do Wells Fargo.

A Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, detém 9,5% do banco, apanhado num escândalo de contas falsas que gerou uma desvalorização até esta quarta feira de de 6,5%. Buffet é ultrapassado por Jeff Bezos, acionista da Amazom.

Na última lista da Forbes, liderada por Bill Gates, Buffett surgia com uma fortuna avaliada em 60 mil milhões de dólares, mais 15 mil milhões do que Bezos.

Multa e dano na imagem

O banco norte-americano teve de pagar uma multa de 185 milhões de dólares, depois de se ter confirmado um esquema de contas falsas, criadas sem consentimento dos clientes. A investigação concluiu que terão sido criadas 1,5 milhões de contas falsas e emitidos 565 mil cartões sem autorização, num universo de 40 milhões de clientes.

O Wells Fargo respondeu com o despedimento de 5300 funcionários (1% do efetivo) que terão recorrido ao esquema para atingirem os objetivos fixados pela gestão. O presidente executivo, John Stumpf, já deu conta que o banco vai eliminar “a meta de vendas” e “alterar as práticas” para ter a certeza de que “os clientes têm plena confiança” na rede comercial.

Além de ter abalado a fortuna de Buffett e dos restantes acionistas, um outro efeito colateral do escândalo foi ter retirado ao Wells Fargo o título do banco mais valioso dos Estados Unidos. O novo campeão do sector é o JP Morgan.