Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Gigante compra gigante: Bayer paga €58,7 mil milhões para ficar com a Monsanto

  • 333

Em comunicado, a Bayer refere que a transação une duas empresas diferentes mas complementares

OLIVER BERG / FRANZ-PETER TSCHAUNER / EPA

É um dos negócios do ano: a Bayer aceitou pagar 66 mil milhões de dólares (58,7 mil milhões de euros) para adquirir a empresa de produtos trangénicos Monsanto e tornar-se a maior companhia mundial de sementes e fertilizantes.

O gigante alemão que comercializa produtos químicos agrícolas (além de ser também um colosso no sector farmacêutico) aceitou pagar aos acionistas da Monsanto 128 dólares (114 euros) por ação, o que representa 44% acima do preço de fecho das ações da empresa norte-americana a 9 de maio, véspera do dia em que se soube que as duas multinacionais estavam em negociações.

O longo e difícil acordo anunciado esta manhã fica ainda sujeito à aprovação dos acionistas da Monsanto e dos reguladores da concorrência.

Em comunicado citado pela AP, a Bayer refere que esta transação une duas empresas diferentes mas complementares. Os alemães comercializam uma ampla gama de produtos químicos de proteção de culturas, enquanto a norte-americana Monsanto é conhecida pelos seus negócios de produtos transgénicos. A Bayer adianta que tenciona pagar o montante acordado através de emissão de dívida e de 16,9 mil milhões de euros de capital próprio.

Juntas, as duas multinacionais representam um volume de negócios anual de 23 mil milhões de euros e reúnem cerca de 140 mil empregados.