Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Impostos descem...em França e na Alemanha

  • 333

Em França, cinco milhões de famílias têm redução de 20% no IRS em 2017. A Alemanha também quer avançar rapididamente com a descida dos impostos

O Governo francês anunciou hoje que vai descer o imposto sobre rendimentos dos particulares (IRS) no Orçamento de Estado 2017. O alívio fiscal, em ano de eleições presidenciais no país (abril de 2017), será de mil milhões de euros e vai abranger mais de cinco milhões de lares, anunciou o ministro francês da Economia e Finanças Michel Sapin à agência France Presse.

A medida destinada a contribuintes com salários inferiores a 1.900 euros por mês e casais com rendimentos abaixo dos 3.800 euros prevê uma redução de 20% no IRS, em função do rendimento, devendo traduzir-se num ganho médio "próximo dos 200 euros", referiu o ministro, citado no jornal francês Le Figaro.

Com este corte, os impostos cobradas às famílias passam a ter uma redução acumulada de seis mil milhões de euros desde 2014.

Do lado das empresas, a taxa de IRC desce para 28% até 2020, contra os 33% atuais.

Na Alemanha, também estão previstas reduções dos impostos e o ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schauble, confirmou em declarações ao jornal Bild que quer avançar com a descida da carga fiscal "o mais rapidamente possível" e o país tem margem para reduzir a carga fiscal em 15 mil milhões de euros depois das eleições legislativas do próximo ano.