Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Pharol e Mota-Engil lideram perdas

  • 333

Principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, em baixa às 9h25, com as ações da Pharol e da Mota-Engil a caírem 1,68% para 0,176 euros e 1,15% para 1,723 euros

O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, estava esta sexta-feira em baixa às 9h25, com as ações da Pharol e da Mota-Engil a caírem 1,68% para 0,176 euros e 1,15% para 1,723 euros.

A esta hora, o PSI20 estava a descer 0,16% para 4.719,31 pontos, com 12 'papéis' a desvalorizarem-se, quatro a subirem e dois inalterados, depois de em 27 de junho ter terminado a sessão no mínimo de sempre de 4.260,13 pontos.

Além dos 'papéis' da Pharol e da Mota-Engil, os da NOS e da EDP REnováveis eram outros dos que maiores decréscimos registavam, estando a cair 0,87% para 5,81 euros e 0,83% para 6,967 euros.

No outro extremo, as ações da Sonae SGPS e da Sonae Capital eram das que mais cresciam, estando a subir 3,46% para 0,699 euros e 1,57% para 0,648 euros.

Na Europa, as principais bolsas estavam hoje de manhã a inverter a tendência de alta da abertura provocada pela subida do preços do petróleo para os níveis mais altos desde o início de julho. O barril de petróleo Brent, para entrega em outubro, abriu hoje em alta, a cotar-se a 51,06 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, mais 0,33% do que no encerramento da sessão anterior.

Em Nova Iorque, a bolsa de Wall Street terminou em alta na quinta-feira, com o Dow Jones a subir 0,13% para 18.597,70 pontos, depois de ter subido em 15 de agosto até aos 18.636,05 pontos, o nível máximo desde que foi criado.

A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de divisas de Frankfurt, a subir para níveis prévios ao 'Brexit', designadamente a cotar-se a 1,1336 dólares, contra 1,1326 na quinta-feira.