Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Douro Azul compra espaço da Real Companhia Velha para fazer um hotel

  • 333

O preço-base de licitação para o imóvel (casarão em tons avermelhados, em segundo plano na imagem) era de 3,6 milhões de euros e Douro Azul arrematou-o oferecendo cinco mil euros acima

Rui Duarte Silva

Empresa de cruzeiros adquiriu o edifício em Vila Nova de Gaia onde prevê investir 17 a 20 milhões de euros numa unidade turística “topo de gama”

A antiga Real Companhia Velha, no concelho de Vila Nova de Gaia, vai acolher um hotel de "gama alta", num investimento de 17 a 20 milhões de euros. O espaço daquela que foi a mais antiga empresa de Portugal (fundada por D. José I e sob os auspícios do Marquês de Pombal, em 1756) e que está por acabar há vários anos, foi adquirido esta manhã pela Mystic Real State, empresa do grupo Douro Azul.

Segundo Manuel Marques, vice-presidente do grupo, vai ser construído neste espaço um hotel "entre quatro a cinco estrelas" com 110 e 120 quartos, salas de reuniões e restaurantes. O projeto também inclui um parque de estacionamento para mais de 200 carros, que deverá abrir até outubro, enquanto a unidade hoteleira e parte comercial deverá estar concluída em 2017.

"Claramente, é um reforço da posição do grupo e aposta num concelho e numa cidade em que está seriamente apostado em desenvolver turisticamente", disse o vice-presidente da Douro Azul, que falava aos jornalistas após a hasta pública.

O preço-base de licitação para o imóvel era de 3,6 milhões de euros e a empresa arrematou-oferecendo cinco mil euros acima, tendo sido a única proposta apresentada para o espaço.