Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Coreia do Sul multa Volkswagen e suspende vendas de 80 modelos

  • 333

JULIAN STRATENSCHULTE/AFP/Getty Images

Governo sul-coreano já tinha multado a fabricante alemã em 12,6 milhões de euros no ano passado por falsificar relatórios sobre emissões dos seus veículos a diesel

A Coreia do Sul anunciou esta terça-feira a suspensão imediata das vendas de 80 modelos Volkswagen no país, confirmando que vai multar a fabricante automóvel alemã em 17,8 mil milhões de wons coreanos (cerca de 14 milhões de euros) por causa da falsificação de resultados nos testes de emissões dos seus veículos.

No ano passado, o Ministério do Ambiente sul-coreano já tinha aplicado uma multa de 14 mil milhões de wons (cerca de 12,6 milhões de euros) à empresa alemã, após esta ter admitido que falsificou os dados sobre emissões de dióxido de carbono e outros gases pelos seus veículos a diesel.

A proibição de venda anunciada hoje por Seul afeta 32 tipos de carros, incluindo os populares VW Golf e Jetta, mas segundo a BBC são 80 os modelos que vão deixar de ser comercializados no país, entre eles os das classes de luxo Audi e Bentley.

Na sequência do inquérito aberto pelas autoridades do país há alguns meses, o Ministério do Ambiente sul-coreano decidiu também revogar os certificados de outros 83 mil veículos em circulação, elevando para mais de 200 mil o total de carros proibidos. Esse número corresponde a 68% dos 300 mil carros da Volkswagen vendidos na Coreia do Sul desde 2007, aponta a agência Yonhap.

O país é um dos mais importantes mercados da fabricante alemã, em particular para as suas marcas de luxo Audi e Bentley. Antes do escândalo das emissões rebentar, a Volkswagen tinha mais que triplicado as suas vendas no sul da península coreana. No primeiro semestre deste ano, os lucros da empresa caíram 57%.