Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Credit Suisse surpreende com lucros no segundo trimestre

  • 333

Analistas esperavam prejuízos. Credit Suisse brilha com lucros no segundo trimestre de 2016

O Credit Suisse surpreendeu investidores e analistas ao anaunciar lucros no segundo trimreste de 2016 de 170 milhões de francos suíços (155 milhões de euros) .

O desempenho corresponde a uma queda de 84 por cento face ao período homólogo de 2015, mas é um regresso aos lucros, depois de ter fechado o primeiro trimestre no vermelho com perdas de 302 milhões de francos suíços.

Os analistas consultados pela Bloomberg e Reuters antecipavam que o banco voltasse a registar perdas. A média das estimativas apontava para um prejuízo médio de 180 milhões de francos.

Tidjane Thiam, o presidente executivo do Credit Suisse, referiu o “programa de corte de custos” e a maior flexibilidade operacional como os fatores que explicam a eficiência do banco. “Continuamos cautelosos nas nossas perspectivas para o segundo semestre dada a incerteza em que nos movemos e as ameaças em termos geopolíticos e macroeconómicos”, acrescentou o presidente executivo.

Brexit sem impacto

Em declarações à CNBC, Tidjane Thiam disse Brexit até agora teve “nenhum impacto” na atividade, mas que o banco está “pronto para se adaptar", se tal for necessário

O Credit Suisse já cortou 1.800 empregos em Londres em 2016, no âmbito do programa de reestruturação para reduzir custos. Países como Índia e Polônia sofrerão reduções acentuadas.

“Temos sido muito cautelosos, porque todo a gente sabe que as incertezas são muitas e ninguém sabe como vão evoluir", acrescentou Thiam. O banco vai focar os investimentos “nos mercados e áreas de negócio que se revelem rentáveis”.