Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Consumidores mais pessimistas, agentes económicos confiantes

  • 333

Indicadores do INE traduzem realidades opostas. Os consumidores estão mais pessimistas, o clima económico melhorou em julho

Os consumidores portugueses estão mais pessimistas, mas a confiança dos empresários registou uma subida em julho. As duas realidades contraditórias resultam dos indicadores de conjuntura do Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgados esta quinta-feira.

Primeiro os consumidores. O indicador de confiança aumentara em maio, estabilizou em junho e caiu em julho. Porquê? Porque os portugueses estão mais apreensivos face à evolução da economia e à ameaça de desemprego.

Agora, o clima económico. Os agentes económicos manifestaram maior grau de otimismo em julho. O INE regista que os sectores mais confiantes são as indústrias transformadora e da construção e o sector do comércio.

A evolução da procura justifica a maior dose de otimismo em julho. No caso do comércio, o indicador está em alta desde abril. A confiança está em queda no sector dos serviços. As preocupações dos empresários residem na evolução da carteira de encomendas e revelam pessimismo sobre a atividade da empresa.