Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

José de Matos soube pelo Expresso que iria deixar de ser presidente da Caixa

  • 333

Marcos Borga

António Domingues já lhe tinha dito que tinha sido convidado para presidente da Caixa, mas foi através de uma notícia do Expresso, de 16 de abril deste ano, que José de Matos afirma que soube que iria deixar de liderar o banco público

"Tenho de responder quando soube que iria deixar de ser presidente da Caixa?", pergunta José de Matos a Hugo Soares, deputado do PSD, que tinha feito a pergunta. Acaba por responder: "Talvez no dia 16 de abril. Soube quando todos os portugueses souberam, por uma notícia do Expresso", admite o ainda presidente da Caixa.

José de Matos conta depois aos deputados que foi António Domingues, o futuro presidente do banco público, que lhe contou que tinha sido convidado para presidir a CGD, tempos antes de o Expresso o ter noticiado."O dr António Domingues disse-me que tinha sido convidado para presidente da Caixa, mas não disse que tinha aceite", afirma.

José de Matos esclarece depois que considera natural que, por uma questão de delicadeza, António Domingues, ex-vice-presidente do BPI, lhe tenha referido o convite, até porque eles se encontravam muitas vezes em circunstâncias de trabalho. Mas, sublinhou, nunca lhe passou qualquer informação confidencial sobre a vida da Caixa, nem a ele, nem a ninguém.