Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Viagens turísticas desaceleram

  • 333

As deslocações turísticas abrandaram nos primeiros três meses do ano face ao mesmo período de 2015, anunciou esta terça-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE)

No primeiro trimestre de 2016 os residentes em Portugal realizaram 3,7 milhões de deslocações turísticas, o que corresponde a um aumento de 0,8% face ao mesmo período de 2015, quando no mesmo trimestre do ano passado registaram uma subida homóloga de 4,1%.

Segundo um destaque publicado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) esta terça-feira, destas deslocações, 16,6% foram de longa duração, ou seja, com quatro e mais noites, o que compara com 18,7% nos primeiros três meses do ano passado.

De acordo com a análise do INE, a principal motivação para viajar foi a “visita a familiares ou amigos”, justificando a ocorrência de 1,9 milhões de viagens (51,2% do total). Por “lazer, recreio ou férias” realizaram-se 1,2 milhões de viagens (33%) e por motivos “profissionais ou de negócios” 408,7 mil (11%).

O “alojamento particular gratuito” voltou a ganhar expressão, agregando 72,9% das dormidas (mais 7 pontos percentuais face ao primeiro trimestre de 2015). Os “Hotéis e similares” foram a escolha para 23,3% das dormidas realizadas no trimestre (menos 3,2 pontos percentuais).

O automóvel foi utilizado em 3 milhões de viagens (80,7% do total, mais 1,8 pontos percentuais). As deslocações com recurso a avião representaram 9,1% do total (menos 0,9 pontos percentuais), totalizando 339,2 mil viagens.