Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Juros no crédito à habitação voltaram a cair em junho

  • 333

Nuno Fox

A taxa de juro implícita nos créditos à habitação em Portugal fixou-se em 1,089% em junho, de acordo com o INE. Há mais de um ano que os juros dos empréstimos para a compra de casa estão em queda

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A taxa de juro implícita no total de contratos de crédito à habitação em Portugal fixou-se em 1,089% em junho, abaixo da taxa de 1,112% verificada em maio, revelou esta sexta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Considerando somente os contratos celebrados nos últimos três meses a taxa de juro também baixou, embora de forma mais ligeira, passando de 2,065% em maio para 2,057% em junho.

Segundo os dados agora divulgados pelo INE, em junho, e pelo terceiro mês consecutivo, a prestação média vencida da globalidade dos empréstimos para a compra de casa foi de 238 euros. Analisando apenas os contratos dos últimos três meses a prestação média foi de 309 euros em junho (face a 301 euros em maio).

Em média o montante de capital em dívida de cada empréstimo era de 51.738 euros em junho. Para os novos contratos dos últimos três meses o montante médio de capital em dívida era de 85.360 euros em junho.