Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsa de Lisboa em alta com Pharol a subir quase 2%

  • 333

O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, estava esta quarta-feira em alta, com as ações da Pharol a liderarem os ganhos, subindo 1,90%, para 0,161 euros

Cerca das 08:55 em Lisboa, o PSI20 estava a subir 0,48%, para 4.613,89 pontos, com 12 'papéis' a valorizarem-se e seis a descerem, depois de em 27 de junho ter terminado a sessão no mínimo de sempre de 4.260,13 pontos.

Além das ações da Pharol - que caíram para o mínimo de sempre de 0,092 euros em 27 de junho -, as da Sonae SGPS e da Sonae Capital também estavam a subir, designadamente 0,76%, para 0,664 euros, e 0,74%, para 0,546 euros.

Em sentido contrário, os 'papéis' dos CTT lideravam as perdas, estando a cair 0,29%, para 7,295 euros.

Na Europa, as principais bolsas estavam esta quarta-feira de manhã em alta, excepto Madrid e Milão, depois das projeções de crescimento global do Fundo Monetário Internacional (FMI) terem sido revistas em baixa, numa semana marcada pela reunião do Banco Central Europeu (BCE). Esta semana, os investidores vão estar atentos à reunião do BCE, depois de no fim da precedente, em junho, o presidente da instituição, Mario Draghi, ter assegurado que "não terá dúvidas em atuar" de novo caso seja necessário para impulsionar a inflação, cuja previsão para este ano foi revista em ligeira baixa.

Em Nova Iorque, a bolsa de Wall Street terminou em alta na terça-feira, com o Dow Jones a subir 0,14%, para 18.559,01 pontos, um novo máximo desde que foi criado, pela sexta sessão consecutiva.
A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de divisas de Frankfurt, mas a cotar-se a 1,1016 dólares, contra 1,1014 na terça-feira.

O barril de petróleo Brent, para entrega em setembro, abriu em baixa, a cotar-se a 46,75 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, menos 0,02% do que no encerramento da sessão anterior.