Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Hospitais públicos agravaram prejuízo em 13% até maio para €241 milhões

  • 333

Tiago Miranda

As unidades hospitalares geridas como entidades públicas empresariais somaram nos primeiros cinco meses do ano perdas de 240,9 milhões de euros e registaram também um aumento do valor dos pagamentos em atraso

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

Os hospitais públicos acumularam até maio um prejuízo de 240,9 milhões de euros, mais 13,3% do que em igual período do ano passado, de acordo com os dados mais recentes de monitorização das unidades geridas como entidades públicas empresariais (EPE), publicados pela ACSS - Administração Central do Sistema de Saúde.

O agravamento do resultado líquido acompanhou a deterioração do resultado operacional, que no conjunto daqueles hospitais piorou 15,3% face ao ano passado, para 252,7 milhões de euros negativos no período de janeiro a maio. Já o EBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) agravou-se em 21%, para 194,8 milhões de euros negativos.

Os números, segundo avança a edição desta quinta-feira do jornal “i”, estão a preocupar os gestores dos hospitais e motivaram a realização, na passada segunda-feira, de uma reunião de administradores hospitalares, com o Governo a fazer agora um acompanhamento semanal da situação financeira das unidades de saúde.

Os prazos de pagamento dos hospitais públicos continuam a ser um assunto delicado. Segundo os dados da ACSS, em maio os hospitais EPE tinham pagamentos em atraso de 605,2 milhões de euros, mais 17,8% do que um ano antes.

A dívida total dos hospitais públicos em maio ascendia a 1,38 mil milhões de euros, mais 11% do que em maio de 2015.

Os dados publicados pela ACSS mostram ainda que em 2016 apenas num mês os hospitais públicos apresentaram lucro: em abril foi registado um resultado líquido positivo de 24,5 milhões de euros. Mas em maio as unidades de saúde do Estado voltaram ao vermelho, com um prejuízo mensal de 78,5 milhões de euros, o pior desempenho desde o início do ano.