Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Brexit afunda confiança dos britânicos

  • 333

Confiança dos consumidores do Reino Unido com a maior queda dos últimos 21 anos, mostra o índice Gfk

No Reino Unido, a confiança dos consumidores sofreu a maior queda dos últimos 21 anos depois do referendo do Brexit, que ditou a saída do país da União Europeia, indica o índice Gfk.

De acordo com a agência Bloomberg, um inquérito especial para medir a confiança dos consumidores, realizado entre 30 de junho e 5 de julho, mostra uma queda do indicador para -9.

É a maior descida desde dezembro de 1994 e é explicada por receios do lado dos que votaram a favor da continuidade na UE (-13) e dos que defenderem a saída (-5).

A quebra na confiança, mais acentuada no norte de Inglaterra e na Escócia, reflete fatores como a perspetiva de subida dos preços. A percentagem de inquiridos convictos de que haverá uma subida rápida dos preços passou de 13%, na sondagem anterior, para 33%. E a situação económica vai piora nos próximos meses? 60% acredita que sim, contra 46% no inquérito anterior.

Num comentário a estes resultados, Joe Staton, responsável da Gfk pelas dinâmicas de mercado, sublinha que "neste período de incerteza, verifica-se uma quebra significativa da confiança", com todos os indicadores em queda. A maior descida surge nas perspetivas sobre a situação económica para os próximos 12 meses.

Numa pequena viagem no tempo, a Bloomberg refere que a última vez que a confiança dos consumidores caiu para os níveis atuais, num quadro que combinou subida de impostos e juros e insegurança laboral, Bon Jovi e Celine Dion tinham canções no top 10 e Cindy Crawford estava a anunciar a separação de Richard Gere.