Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Australianos querem fazer prospeção de quartzo, feldspato e lítio em Portugal

  • 333

O pedido é da empresa Splipstream Resources e tem como alvos os concelhos de Boticas, Montalegre, Cabeceiras de Basto e Ribeira de Pena

Os australianos da Splipstream Resources PTY LTD querem fazer a prospeção de quartzo, feldspato e lítio em Portugal e a Direção-Geral de Energia e Geologia publica hoje, em Diário da República, o pedido da empresa para obter "direitos de prospeção e pesquisa" de depósitos destes minerais na área de "Vilar", que abrange os concelhos de Cabeceiras de Basto, Montalegre, Boticas e Ribeira de Pena.

Ao pedido, corresponde uma área de 97,021 quilómetros quadrados. Outros eventuais interessados têm 30 dias para aparesentar reclamações ou manifestarem preferência, "por escrito, com devido fundamento".

A Slipstream Resources, gestora de fundos que investem no sector dos minérios e noutros recursos, desenvolve a sua atividade há mais de 30 anos de acordo com uma política de investimentos que privilegia "projetos com potencial económico ou estratégico significativo", preferencialmente em fases anteriores à produção e que lhe permitem explorar e desenvolver "a curva de valor", refere a empresa no seu site.