Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Cacho de uvas vendido no Japão por quase 10 mil euros

  • 333

STR / AFP / Getty Images

Um cacho de uvas de uma variedade que só se cultiva no Japão foi adquirido num leilão japonês por 1,1 milhões de ienes (9840 euros), o valor mais elevado até à data

Um cacho de uvas de uma variedade que só se cultiva no Japão foi adquirido esta quinta-feira, num leilão no país asiático, por 1,1 milhões de ienes (9840 euros), o valor mais elevado até à data.
O cacho pertencia à casta Ruby Roman, que apenas se cultiva em Ishikawa (oeste), e foi vendido no primeiro leilão da temporada de 2016 no mercado de Kanazawa, capital daquela região, segundo a agência japonesa Kyodo.

O cacho de uvas, um dos 46 leiloados este ano, foi adquirido por um supermercado de Hyogo, no oeste do arquipélago, que em maio passado também desembolsou o valor recorde de três milhões de ienes (26.800 euros) na compra de dois melões de Yubari, no norte do país asiático.

A fruta será exposta no supermercado e repartida gratuitamente com os seus clientes, disse o agente do estabelecimento encarregado de realizar a compra, Takamaru Konishi, de 37 anos, em declarações à Kyodo.

A Ruby Roman, considerada a variedade de uva de mesa mais cara do mundo, vende-se no mercado desde 2008, ano em que o primeiro cacho da época atingiu 100.000 ienes (890 euros).
Caracterizada pela intensa cor vermelha e grande dimensão, os cachos não são comercializados a menos que cada uva pese 20 gramas ou mais.