Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Espírito Santo Property paga nova tranche aos lesados do papel comercial

  • 333

Caetano Beirão da Veiga, presidente da ES Property, viu a empresa ser alvo de buscas esta semana

José Ventura

Detentores de papel comercial da ES Property recebem mais 4,8 milhões de euros. 40% do total está reembolsado

A Espírito Santo Property (ES Property), novo nome da antiga Espart, já reembolsou a segunda tranche de papel comercial, no montante de 4,8 milhões de euros. A informação foi avançado ao Expresso por fonte da empresa. O pagamento abrange cerca de 370 investidores. Estão ao todo reembolsados 12 milhões de euros, ou 40% dos 30 milhões em causa.

Este pagamento da segunda tranche decorre do Plano Especial de Revitalização da empresa, que foi aprovado pelos credores em 2015, prevendo-se o reembolso do remanescente (18 milhões de euros) em tranches anuais até 2020. Cumprindo-se o calendário como até aqui, esta sociedade (gestora de património imobiliário) será a primeira do antigo Grupo Espírito Santo a reembolsar integralmente o papel comercial colocado junto de investidores.

A empresa é liderada por Caetano Beirão da Veiga e viu o seu Processo Especial de Recuperação ser aprovado no início de junho de 2015. Na altura, a ES Property comprometeu-se a pagar tranches anuais em cinco anos, ou seja, "entre 2016 e 2020 através de cinco prestações iguais, anuais e sucessivas de 16% do valor global, pagáveis até 30 de junho de cada ano".