Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Banco de Portugal recebe apenas quatro propostas de compra do Novo Banco

  • 333

José Carlos Carvalho

Entre os possíveis candidatos à compra, o Expresso sabe que Santander, BCP e CaixaBank, maior acionista do BPI, estão fora da corrida

O Banco de Portugal (BdP) recebeu apenas quatro propostas para a aquisição do Novo Banco, “cuja análise agora se inicia à luz dos critérios de admissibilidade e seleção estabelecidos no caderno de encargos, divulgado no passado mês de abril.” A informação é divulgada esta quinta-feira, em comunicado, pelo BdP, após ter terminado o prazo para os investidores entregarem as propostas de aquisição da participação do Fundo de Resolução da totalidade do capital do Novo Banco.

Nesta fase, apresentam-se apenas investidores estratégicos: bancos, seguradoras ou private equities com posições qualificadas no sistema financeiro. Estão excluídos desta fase todas as instituições que tenham processos contra o Fundo de Resolução, o BdP e o Novo Banco.

Entre os possíveis candidatos à compra, o Expresso sabe que Santander, BCP e CaixaBank, maior acionista do BPI (que tem em curso uma OPA sobre o banco), estão fora da corrida. Eram apontados como possíveis candidatos o fundo de investimento americano Apollo Management, que comprou a Tranquilidade e mais recentemente a Açoreana do grupo Banif, mas não foi ainda possível confirmar se avançou com uma proposta.

Entre as propostas entregues poderão estar fundos, já referidos pela imprensa, como a Lone Star e Centerbridge, mas estarão apenas interessados em alguns ativos.

Face à primeira tentativa de venda em 2015, revelaram interesse 17 instituições em dezembro de 2014, mas apenas 15 foram selecionadas para apresentarem uma proposta de compra ao Novo Banco. O BdP acabou por, no verão de 2015, desistir da venda, lançando um novo concurso este ano.