Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Brexit já provocou perdas de quase €3 biliões às bolsas

  • 333

O índice global bolsista perdeu quase 7% nas duas últimas sessões com o impacto da decisão dos britânicos. As bolsas da Europa foram as mais afetadas, afundaram-se 13,9%

Jorge Nascimento Rodrigues

As bolsas voltaram a fechar no vermelho esta segunda-feira sob efeito do Brexit. O índice global MSCI recuou 2,21%. A queda é menos de metade da registada na ‘sexta-feira negra’ de 24 de junho quando caiu 4,76%.

Nestas duas sessões bolsistas, aquele índice global já perdeu 6,97%. A Reuters referia na passada sexta-feira que o impacto negativo na capitalização bolsista mundial teria sido de 2,08 biliões de dólares (cerca de 1,9 biliões de euros). Na segunda-feira, o Brexit deverá ter juntado mais cerca de 1 bilião de dólares de perdas. Nas duas sessões bolsistas que a crise do Brexit já leva, as perdas mundiais deverão ter somado mais de 3 biliões de dólares, cerca de 3 biliões de euros.

A “região” mais afetada pelo Brexit foi a Europa, com uma queda acumulada do índice MSCI respetivo na ordem de 13,86%. O índice perdeu 8,77% na ‘sexta-feira negra” e 5,09% ontem. A segunda maior quebra registou-se nas bolsas de Nova Iorque: 3,6% a 24 de junho e 1,85% a 27 de junho.

Na anterior crise bolsista deste ano provocada pelo pico de risco de Grexit, a 11 de fevereiro, uma ‘quinta-feira negra’, o índice MSCI global perdeu 1,32%.